O Victoria Pedretti Brasil é um fã-site dedicado à atriz norte-americana Victoria Pedretti, sendo a primeira e mais completa fonte de informações sobre a própria e estando no ar desde abril de 2020. Feito de fãs para fãs, o VPBR não possui fins lucrativos, tampouco mantém afiliações com Victoria ou sua equipe, amigos e familiares. O intuito do site é unicamente expandir o trabalho da Victoria, por meio da divulgação de notícias, projetos, entrevistas traduzidas, campanhas publicitárias, ensaios fotográficos e mais, além da atualização de uma galeria repleta de fotos em alta qualidade.

Apenas três anos após se formar na faculdade, a atriz Victoria Pedretti conquistou um nível de sucesso digno de um conto de fadas de Hollywood. A estrela em ascensão de 25 anos está usando esse sucesso — e suas habilidades diante das câmeras — para alinhar os projetos que destacam questões pelas quais ela é apaixonada.

No seu mais recente papel na TV, em The Haunting of Bly Manor da Netflix, Pedretti estrela como Dani, uma au pair americana cuidando de duas crianças órfãs no estado britânico. A história de amor lésbico de Dani — um ato de ativismo em si, já que a série se passa nos anos 80 — ganhou suas milhares manchetes e elogios de fãs, mas Pedretti disse que o corajoso feminismo de sua personagem foi amplamente esquecido.

“Nós acabamos simplificando tanto a sua jornada em muitas conversas que eu vi”, disse ela.

Antes de Dani deixar a sua vida americana e ir para a Inglaterra, ela está sob pressão para se casar com seu amigo de infância, Edmund. Em uma das cenas mais fortes da série, os dois estão em um carro estacionado e Dani tem um monólogo que, mesmo vago, é como se ela estivesse se assumindo. Para o desânimo de Victoria, ela disse que muito da cena não foi incluída no corte final, mas completou que a essência da cena ia além da sexualidade de sua personagem.

“Ela também está se assumindo feminista e alguém que está interessado em existir além do que é esperado dela como mulher naquele lugar, naquele tempo”, disse ela. “Essa não é sua verdade, ela não está vivendo plenamente em sua verdade. Parte disso é sua sexualidade, mas a outra parte são suas capacidades e utilização delas para um nível mais alto.”

Na preparação para seus papéis, Pedretti diz que as vezes se inspira em atuações de outros atores. Para Dani, foi personagem de Timothée Chalamet, Elio, em “Call Me By Your Name”, o romance gay de 2017 aclamado pela crítica ambientado na Itália nos anos 80.

Embora Victoria saiba que Dani e Elio são personagem “muito diferentes”, ela disse que se inspirou no “tipo de curiosidade” dele.

Encontrar personagens que ultrapassam os limites ou superam as expectativas é algo que Pedretti diz que é atraída e parte integral para a missão por trás do seu trabalho.

“Todo personagem tem uma voz, um problema, é privilegiado de alguma maneira e oprimido em outra, e tem uma conversa sobre como eles existem no mundo”, ela diz. “Não consigo me apaixonar por um projeto a menos que eu sinta que ele está dizendo algo.”

Victoria diz que busca o universal em essas especificas histórias, esperando que os projetos dos quais faz parte sejam usados como um catalisador para a discussão dos telespectadores.

Pouco depois do lançamento de “Bly Manor”, Pedretti apareceu em “This Is Not a Love Letter”, um vídeo poema que explora o tema do aborto e importância da escolha.

O projeto foi liderado por Isabel Pask, uma atriz e escritora que Victoria disse que “viveu algo extremamente traumático e transformou isso em algo em extremamente bonito, pelo qual eu sei que muitas mulheres já se sentiram empoderadas e exaltadas”

As imagens no filme de cinco minutos, ela acrescentou, são “tão evocativas em mostrar a força feminina, a dicotomia entre nossa força e nossa fragilidade como humanos, bem como nossa conexão e capacidade de apoiar uns aos outros, se assim escolhermos.”

O próximo projeto em que veremos Pedretti será na terceira temporada da série de sucesso da Netflix, “You”, em que Victoria interpreta Love Quinn, uma aspirante a chef com um (muito) lado muito obscuro. Quando questionada se ela poderia compartilhar alguma coisa sobre a próxima temporada, prevista para ser lançada em 2021, ela disse: “É muito selvagem”.

“Eu particularmente penso que já é mais forte que a temporada passada”, ela diz. “É tudo que eu esperava ao imaginar um mundo onde Joe e Love pudessem ser realmente confrontados consigo mesmos, e isso cria muito espaço para tanta tragédia e alegria, e eu estou tão empolgada.”

Pedretti, que tem sido aberta sobre ter transtorno de déficit de atenção, disse que o amor que ela tem por seu trabalho e a variedade dos seus personagens — de uma au pair ansiosa a uma psicopata assassina — tornam a atuação uma profissão perfeita para ela.

“Como alguém com esse tipo de mente, se você vai fazer algo, tenha interesse e seja bom nisso, você tem que ser apaixonado por isso”, disse ela. “Nós não seremos ótimos nas coisas que não achamos interessantes, mas temos potencial para nos sobressairmos nas coisas que amamos, e eu tive sorte de encontrar algo em que sou extremamente apaixonada.”

Fonte: NBC News

Tradução & Adaptação: Equipe VPBR

deixe seu comentário






layout desenvolvido por lannie d. - Victoria Pedretti Brasil